A empresa também vai iluminar a fachada da sede administrativa de Belo Horizonte (Reprodução Internet)
A empresa também vai iluminar a fachada da sede administrativa de Belo Horizonte (Reprodução Internet)

Em homenagem ao Mês do Orgulho LGBTQ+, empresa de telefonia, Vivo, vai iluminar com as cores do arco-íris a torre da antena do seu prédio na Av. Chucri Zaidan, Zona Sul de São Paulo e a fachada no prédio administrativo no bairro da Savassi, em Belo Horizonte.

Além desta homenagem, a empresa vai colocar em prática seu primeiro projeto voltado para a contratação de pessoas trans. Através do programa de jovens aprendiz, a primeira turma composta por cinco pessoas transgênero, já vai entrar em treinamento.

“A empresa acredita na inclusão por meio da capacitação desses jovens dentro da companhia e pretende aumentar significativamente o número de colaboradores trans para outros cargos até o final do ano”, disse um comunicado da empresa.


Ao longo dos últimos anos a Vivo tem colocado cada vez mais em pauta a questão da diversidade, mas não só em suas propagandas. A empresa tem trabalhado intensamente em seu ambiente corporativo.

Pensando nisso, projetos e campanhas internas têm sido aplicados para que contemplem a todos os gêneros e sexualidades dos colaboradores. Em exemplo disso, foi a inclusão de conjugues de casais homoafetivos em planos de assistência.