A declaração foi dada logo após uma visita a casa de acolhimento LGBT (Foto: JONATHAN BRADY / AFP)
A declaração foi dada logo após uma visita a casa de acolhimento LGBT (Foto: JONATHAN BRADY / AFP)

Após visitar uma casa de acolhimento para jovens LGBTs expulsos de casa nesta quarta-feira (26), o Príncipe William se mostrou bastante aberto e moderno, quando se diz respeito à diversidade.

Depois de passar, ao lado de sua esposa, Kate Middleton, por um debate cheio de revelações com membros do Centro, William foi questionado por jornalistas qual seria a reação dele, ao descobrir que um de seus filhos seria homossexual. Sem fugir da pergunta, ele respondeu:

“Eu acho que você realmente não começa a pensar nisso até que você se torna pai e obviamente, estaria absolutamente tudo bem por mim”, disse ele, complementando: “A única coisa que me preocuparia — particularmente por conta dos papéis que meus filhos ocupam [na realeza] — é como isso seria interpretado e visto”.


Em seguida o príncipe explicou que já tem conversado bastante com Kate Middleton para que estejam preparados para isso. “Eu acho que a comunicação é tão importante em tudo para ajudar a entender que você precisa falar sobre as coisas e se certificar de como poderá apoiar e passar pelo processo. É isso que me preocupa. Não o fato de eles serem homossexuais, em si, mas em como todos perceberão e como eles [filhos] reagirão com a pressão que se fará sobre eles”, finalizou.