As mensagens diziam q ela iria ser sequestrada e vendida para um grupo Santânico (Foto Ilustrativa)
As mensagens diziam q ela iria ser sequestrada e vendida para um grupo Santânico (Foto Ilustrativa)

Após receber várias mensagens de ameaças de sequestro, uma transexual procurou a polícia de Santos nesta terça-feira (25), para solicitar apoio e segurança do órgão. De acordo com a vítima, as mensagens diziam que ela iria ser sequestrada e vendida para um grupo satânico. Casos do tipo já se enquadram no crime de LGBTfobia.

Segundo informações do site G1, as primeiras ameaças surgiram na noite da última quinta-feira (20). Em uma das mensagens o homem se identifica como “Anjo” e afirma que vai caçar a vítima pela cidade, para vender a um grupo satânico, que iria fazer um ritual com ela.

“Olá, travesti. Uma boa noite para você. Eu sou um anjo enviado por um seguidor e irei te caçar onde você estiver neste exato momento. Você foi escolhida para ser sequestrada e irei te vender para um grupo de satanistas illuminatis”, dizia a mensagem do homem.


Em outras mensagens, o “Anjo” ainda afirmou que o grupo fica localizado na zona norte de São Paulo. Pelo celular ele chegou a detalhar o que faria com a vítima, dizendo que após ser capturada, a iria colocar dentro de um veículo de cor preta, com apoio de alguns amigos que o ajudariam “na missão”.

O caso foi registrado como crime de ameaça e será investigado. Informações que possam ajudar a identificar o suspeito podem ser comunicadas à Polícia Militar pelo 190 ou por meio do Disque Denúncia 181.