Tháylla Castanha registrou abordagem de seguranças de shopping em vídeo. — Foto: Reprodução/Redes sociais
Tháylla Castanha registrou abordagem de seguranças de shopping em vídeo. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Duas transexuais foram impedidas de usar o banheiro feminino no ItaúPower Shopping, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o estipulado pela Polícia Militar, a conduta do agressor foi registrada como transfobia. Segundo o boletim, os seguranças haviam dito a elas que esperassem “inventarem banheiro de ‘viado’”.

As vítimas são as amigas Tháylla Castanha, de 28 anos, e Giselle Rodrigues, de 32. No ocorrido, as duas saíam do cinema, segunda-feira (2), e foram impedidas de entrar no banheiro.

Não é a primeira vez que isso acontece. Nesse sentido, é importante que toda empresa passe por treinamentos para que haja o respeito à Dignidade da Pessoa Humana. Sabendo disso, o shopping já afirmou que todos os funcionários serão submetidos a esses treinamentos, bem como o incentivo ao respeito à diversidade.


A ocorrência foi registrada no início da madrugada de terça-feira (3). O documento da PM preceitua que duas mulheres passaram por situações vexatórias, ao serem chamadas de homens por seguranças.

Posicionamento do ItaúPower

Em nota, a assessoria informou que o shopping “acolhe a diversidade e a liberdade individual” e que está “trabalhando junto às nossas equipes para que situações como esta nunca mais se repitam”. Ademais, foi reiterado que todos os funcionários, próprios e terceirizados, passarão por um treinamento para que pratiquem os valores de respeito à diversidade. Veja o vídeo publicado por Tháylla, no G1.