A Beats Queen foi lançada especialmente para o Mês do Orgulho LGBTQ+ (Reprodução/Instagram)
A Beats Queen foi lançada especialmente para o Mês do Orgulho LGBTQ+ (Reprodução/Instagram)

Sendo uma grande aliada da comunidade LGBTQ+, a Skol lançou uma versão limitada da Skol Beats especialmente para o Mês do Orgulho LGBTQ+. A Skol Beats Queen é inspirada no reality show Rupaul’s Drag Race.

A ideia é levar a essência do programa para as latinhas que tem o fundo colorido, iridescente. Cada uma delas é nomeada com os termos idealizados para ser uma Drag Super Star: Charisma (carisma), Uniqueness (singularidade), Nerve (coragem) e Talent (talento).

Para fazer parte desse projeto diferenciado, a Skol chamou algumas drag queens brasileiras, para para promover cada um dos elementos. As escolhidas foram as cantoras Lia Clark (Talent), Aretuza Lovi (Charisma) e as apresentadoras Rita Von Hunty (Nerve) e Ikaro Kadoshi (Uniqueness).


Em março a cantora Aretuza surpreendeu os fãs mostrando um pouco de sua intimidade, ao compartilhar um áudio de parabéns que recebeu do filho, no dia de seu aniversário. O pequeno gesto causou grandes mensagens emocionantes dos fãs.