O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte (Foto: reprodução)

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, proferiu algumas declarações controversas ao visitar o Japão. O político afirmou que costumava ser gay antes de conhecer sua ex-esposa e “se tornar um homem novamente”.

Vale frisar que Duterte já é conhecido por apontar a orientação sexual de cada um. Já chegou a afirmar que a grande esmagadora de padres são homossexuais. Dito isso, a bola da vez, foi um opositor político que Rodrigo tentou atacar usando a suposta orientação do adversário. Após isso, exemplificou usando a si mesmo.

De acordo com informações da imprensa local, o presidente afirmou que Antonio Trillanes é homossexual e isso é um fato com grande notabilidade.
“Eu disse: ‘tem certeza?’ Eles disseram, ‘você pergunta a qualquer gay que vê Trillanes se mexer, eles vão dizer que ele é gay’. Não me admira. Ainda bem que Trillanes e eu somos parecidos, mas eu me curei”, disse Duterte.


Ele então disse que tomou a decisão de “se tornar um homem de novo” depois de conhecer sua ex-mulher. É propício pontuar também que Duterte nunca explicitou essa questão, mas sempre brinca com o assunto. Em 2017, chegou a dizer que se considera bissexual, para “se divertir nos dois sentidos”.