Ivete Sangalo e Marcelo (Reprodução/GShow)
Ivete Sangalo e Marcelo (Reprodução/GShow)

A cantora Ivete Sangalo afirmou que costuma ensinar seu filho, Marcelo Sangalo, sobre questões de sexualidade e empatia. Segundo a artista, ninguém pode impedir “o direito de amar do outro”.

“Quando meu filho (Marcelo, 8 anos) me pergunta sobre pessoas que se relacionam com pessoas do mesmo sexo eu digo: ‘seu pai ama sua mãe. Você quer que alguém não permita que seu pai ame sua mãe?’. Eu digo que pessoas que se amam tem que viver aquela felicidade. É um direito de amar”, declarou a artista ao blog Me Salte, durante o festival San Island Weekend, em Trancoso, na Bahia.

Ainda conforme Ivete, o amor entre duas pessoas só diz respeito à elas, e que amar não é crime: “Isso não atrapalha nem infringe nenhuma lei. Não entra na vida de ninguém. Eu acho que o amor e o respeito são condição no mundo hoje para que a gente tenha alguma esperança, um sopro de futuro”.


Em abril a cantora entrou em uma polêmica após um site publicar uma fake news, onde dizia que ela seria uma das atrações da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Após o mal entendido, a organização que realiza a parada negou a participação da cantora no evento.