PADRE ARTHUR CAVALCANTE FOTO: WANEZZA SOARES

Relacionar as demandas LGBTs com preceitos religiosos é sempre motivo de muita controvérsia. Contudo, pela primeira vez na história do Brasil, diferentes comunidades religiosas e líderes se unem para discutirem a inclusão da população LGBTI+. O objetivo da reunião é incentivar a ideia de que “Deus está ao lado de todos”, sem distinção. Além de debater meios para criar um ambiente menos hostil e mais acolhedor dentro dos templos. Essas discussões também abarcarão narrativas bíblicas, tidas como reacionárias.

O reverendo Arthur Cavalcante, padre da igreja Anglicana e um dos responsáveis pela organização do evento, conta sobre a proposta. “Estamos passando por um momento reacionário, do próprio governo e na estrutura de muitas igrejas. Pensei que a experiência da anglicana poderia servir de suporte para outras que pretendem começar esse movimento. Trazer um pouco de luz para essa situação toda”, disse o padre.

O encontro acontece na Paróquia Anglicana da Santíssima Trindade, no centro de São Paulo, nos dias 19 a 23 de junho. Desse modo, o evento se encerrará com o bloco “Gente de Fé”, que serão religiosos apoiando a causa LGBTI+. O término se dará na parada LGBTI+, 23 de junho.


“O objetivo é além de discutir e refletir sobre espiritualidade e diversidade mas também estreitar laços dos espaços religiosos para minimizar o preconceito e intolerância no contexto desafiador do crescimento dos fundamentalismos e da fragilização de direitos de LGBTI+”, concluiu Arthur.