Violência
Violência (Foto: Reprodução/Pixabay)

Um homem, não identificado, foi presos suspeito de abusar sexualmente de outro homem nesta quarta-feira (12), na Avenida Martin Luther King Júnior, na altura da estação de metrô Engenheiro Rubens Paiva, no Rio de Janeiro.

De acordo com a vítima, que preferiu não se identificar, ele estava passando pela avenida com um amigo, quando foi surpreendido pelo homem, que saiu de um matagal e abordou os dois.

“O homem pegou o celular do meu amigo. Me revistou e levantou minha camisa. Ao perceber que eu era gay, ele disse que já que eu era assim, teria que provar. Ele me encostou em uma parede e praticou o ato. Me senti horrível”, disse ao jornal Extra.


De acordo com a polícia, o homem, que já foi preso por praticar assaltos no Rio de Janeiro, estava com tornozeleira eletrônica no momento que foi capturado. Ele foi encaminhado para o 27ª Departamento de Polícia de Vicente Carvalho, onde vai responder pelo caso.

Após o ocorrido a vítima foi encaminhada para o Instituto Médido Legal (IML), onde foi constatado o estupro. Em seguida, ela foi direcionada ao hospital para atendida e medicada.

Por mais surpreendente que pareça, o estupro corretivo (abuso sexual devido a LGBTfobia), é bastante comum. No início do ano um caso parecido se tornou destaque na mídia de Mato Grosso, após um rapaz passar pelo trauma.