A estreia do Brasil na Copa América
A estreia do Brasil na Copa América (Foto: reprodução)

Gritos como “Bicha e viado” são tão comuns no estádio que passaram a ser grito de guerra do torcedores. Contudo, muita gente, inclusive do próprio meio futebolístico, já se manifestou contrariamente a estas expressões.

Segundo Globo Esporte, a estreia do Brasil na Copa América ficou marcada não só pela vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia. Na noite de sexta-feira, no Morumbi, os torcedores entoaram gritos homofóbicos nos momentos de reposição de bola da Bolívia.

Todavia, desta vez, teve um cartão vermelho dado por Galvão Bueno indiretamente durante a transmissão. Ao ser alertado, por Tino Marcos, sobre o ‘coro entoado’, Galvão criticou a atitude dos torcedores.


” O torcedor tinha que tomar consciência de que ele tem que seguir as questões de ética, de respeito e o regulamento estabelecido”, afirmou.

Vale frisar também que, recentemente, a organização da torcida do Corinthians já havia falado a respeito. Inclusive, até incentivaram uma campanha para mostrar apoio à causa: “Não grite bicha, grite Corinthians”.