Após críticas, Henrique Fogaça exclui foto com freiras no Vaticano
Após críticas, Henrique Fogaça exclui foto com freiras no Vaticano (Reprodução)

Uma foto publicada no Instagram por Henrique Fogaça, chef de cozinha e jurado do programa de TV MasterChef Brasil, causou grande controvérsia. Na imagem, fotografada em Roma, Itália, Henrique aparece abraçado com duas freiras. Mas o que levantou a polêmica, foi a camisa de Fogaça, que denota duas freiras se beijando.

Desse modo, na legenda, disparou: “Pedindo a bênção. ‘Orai por nós’, ‘Prega per noi‘, ‘Pray for us‘”, escreveu. Nas hashtags, listou: “blasfêmia, o choro é livre e fuck hipocrisia’”.

Evidentemente que a foto suscitaria uma discussão. O chef de cozinha recebeu inúmeras críticas e até ameaças. Mesmo a legislação não proibindo ninguém de usar camisetas de freiras, tampouco fotografar com elas, muitos alegaram que atitude de Fogaça configura crime contra o sentimento religioso.


Em sua defesa, ele enfatizou. “Falaram que sou desrespeitoso. Isso para mim são pessoas desonestas, que matam, roubam… Eu não faço parte disso. Tenho valores, educação, sou trabalhador. Sou uma pessoa do bem”, afirmou. Ele disse que foi reconhecido pelas freiras. “Essas duas freiras brasileiras vieram falar comigo e conversamos um pouco. Não sou racista e nem preconceituoso. Ser gay é doente? Eu acho que não, né?”, disse. Assista ao vídeo completo: