Anitta, Parada 2018
Anitta, Parada 2018 (Foto: reprodução)

A relação da cantora Anitta com o público LGBTI+, após o período eleitoral, levantou diversas discussões. O motivo da controvérsia, como já é notório, foi a neutralidade da artista, que levantou especulações sobre um suposto apoio ao Presidente Bolsonaro. O fato é que, os fãs da cantora, predominantemente LGBTs, esperavam um posicionamento mais incisivo vindo dela.

Dito isso, em contrapartida, ela já foi muito reverenciada por explicitar casais LGBTs em seus clipes e se posicionar sobre outra discussão calorosa: ‘cura gay’. Desse modo, a cantora fez uma postagem oficial em seu instagram, sexta-feira (28), celebrando o Orgulho LGBT+.

“Amor, Liberdade e Respeito. Dia Internacional do Orgulho LGBT”, disse ela na legenda de uma foto, onde aparece com uma roupa que traz as cores do orgulho. O clique, no entanto, despertou diversas reações de seus fãs e seguidores.


“Queria saber quando a dona aí lutou pela causa. Pq não valorizamos mais artistas como Glória Groove, Aretuza Lovi, Pabllo Vittar”, disse um. “Não representa a nenhum LGBT, next”, disse outra. “Que cheiro de pink money”, disparou outro.

No contraditório, “Tudo o que você fizer ou não você será criticada, as pessoas não conseguem entender que você tem fãs de todos os públicos e que é difícil às vezes para você se pronunciar sobre assuntos polêmicos sem desagradar alguém”, disse um outro. Comentários como “rainha” foram frequentes.