Gabeu e Solimões (Reprodução/Instagram)
Gabeu e Solimões (Reprodução/Instagram)

Gabeu, filho do cantor Solimões, ganhou a simpatia do público LGBTI+ após lançar um novo ritmo: pocnejo. O cantor traz o sertanejo raiz do pai, mas, com muita originalidade, adicionou sua identidade à música. Desse modo, o cantor ressalta:“Enquanto a diva dos gays era a Madonna, a minha era a Shania Twain”.

“Recebi várias mensagens de gente falando: ‘Ah, eu também gostava do menino da minha cidade, da minha fazenda’, experiências parecidas com a da música”, conta o cantor, conforme o GNC.

“Em todo o interior, o sertanejo é forte. E tem muito gay e sapatão. Essas pessoas crescem ouvindo um gênero no qual não se sentem representadas. Outras músicas são muito mais inclusivas”, acrescenta.


“É uma coisa nova, inclusive para mim”, afirma Gabeu. “Mas acho possível misturar referências e chegar a algo novo. Antes, preciso firmar esse conceito: o sertanejo raiz com letras sobre eu ser gay. Atingi o público que eu queria, levei o sertanejo para a comunidade LGBTQ. Sou um cantor de sertanejo, mas que fala com esse público“.