Visibilidade Trans
Visibilidade Trans (Foto: reprodução)

Após 28 anos na categoria de transtornos mentais, a transexualidade não poderá mais ser classificada como doença. Por mais que a novidade já tenha sido divulgada antes, o caso só foi oficializado nesta segunda-feira (20), durante a 72º Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra.

De acordo com a nova decisão da Organização Mundial da Saúde (OMS) a transexualidade agora vai integrar na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas de Saúde (CID), à categoria de “condições relacionadas à saúde sexual.

Na nova edição da CID também consta um tópico específico para “incongruência de gênero de adolescente ou adulto” que é entendida como “uma incongruência acentuada e persistente entre o sexo experimentado pelo indivíduo e o sexo atribuído”. Nele é estabelecido que o ‘diagnóstico’ não pode ser realizado antes da puberdade.


Após o novo acordo internacional, cada país terá até o dia 1º de janeiro de 2022 para se adaptar à nova norma da CID. A última edição estava em vigor desde 1990, quando o termo “homossexualismo” foi retirado da lista de doenças mentais.