A campanha foi produzido pela organização Manual (Reprodução/Instagram)
A campanha foi produzido pela organização Manual (Reprodução/Instagram)

O ativista transgênero Kenny Ethan-Jones, foi uma das personalidades escolhidas para participar de uma campanha contra padrões masculinos. Intitulada “Men Of Manual”, o projeto critica a falta de representatividade em campanhas publicitárias.

Produzida pela organização Manual, grupo que trata do bem-estar e saúde mental dos homens, o objetivo da ação é mostrar que a presença massiva de corpos padrões em campanhas publicitárias afetam a saúde mental de muitos homens.

Além de Kenny, outros sete homens de diferentes padrões físicos foram escolhidos para estrelar a peça, entre eles o modelo plus size Ben Whittaker e a modelo Bashir Aziz, que tem Vitiligo.


A luta por maiores representações têm surtido algum efeito em determinadas ocasiões. Por exemplo, a marca de calçados, Converse, tem se mostrado bastante antenada nas novas tendências.

Em sua última campanha, a marca também escolheu pessoas de diferentes perfis para participarem de sua nova propaganda, que era voltada para LGBTs. A empresa chegou a convidar uma criança drag queen para fazer parte da ação publicitária.