Mara Maravilha (Reprodução/SBT)
Mara Maravilha (Reprodução/SBT)

A cantora Mara Maravilha abriu o coração para Cátia Fonseca em uma entrevista que vai ao ar na tarde desta quinta-feira (9), no programa Melhor da Tarde (Band). Durante o bate-papo, Mara declarou que não é homofóbica e falou sobre outras polêmicas com seu nome.

Questionada sobre “cura gay”, a artista, que é evangélica há anos, não fugiu da pergunta. “Não sou homofóbica. Sou hétero. Cada um escolhe o que quer ser”, disse a Mara, que já foi chamada de “hipócrita” por protestar contra a cura gay.

Outro tema abordado por Cátia foi a relação que a cantora tem com o jornalista Léo Dias, no qual protagonizou diversos embates ao vivo, durante o programa Fofocalizando (SBT), no qual também era apresentadora.


“Fiquei sabendo que ele veio ao seu programa e disse que desejava que eu fosse feliz. Por esse motivo, agora desejo que ele realmente seja ‘maravilha'”, disse.