Bella Hadid e a personagem vitural, Lil Miquela (Reprodução/Youtube)
Bella Hadid e a personagem vitural, Lil Miquela (Reprodução/Youtube)

Após lançar mais um vídeo de sua nova campanha, a Calvin Klein foi acusada nas redes sociais de praticar “queerbaiting”. No vídeo compartilhado, a modelo internacional Bella Hadid protagoniza um beijo com a personagem virtual, Lil Miquela.

Para quem não sabe, “queerbaiting” nada mais é do que uma estrategia de marketing onde a propaganda faz uma sugestão de relacionamento homossexual, mas isso apenas é feito para atrair fãs gays, sem dispersar os clientes heterossexuais.

Após a má repercussão nas redes sociais, a empresa, que recentemente lançou o teaser da campanha com o cantor Shawn Mendes, se pronunciou e pediu desculpas pelo mal entendido.


“Esta campanha específica foi criada para desafiar normas e estereótipos convencionais em publicidade (…) Como uma empresa com uma longa tradição de defender os direitos LGBTQ+, certamente não era a nossa intenção deturpar a comunidade LGBTQ +. Lamentamos sinceramente qualquer ofensa”, disse a marca ao site Sky News.