Espetáculo cearense 'Quem tem medo de travesti' — Foto: Allan Taissuke/Divulgação
Espetáculo cearense 'Quem tem medo de travesti' — Foto: Allan Taissuke/Divulgação

O projeto Travestis Itinerantes, do coletivo artístico ‘As Travestidas’ apresenta em Belém nesta segunda-feira (20) e terça-feira (21), o espetáculo Quem Tem Medo de Travesti. A peça paira pela história das travestis e o papel político na sociedade contemporânea. Assim, será tematizado o lado artístico, com cores, glamour e transformações, até à marginalização. A ideia é atentar também como a figura trans é vista socialmente. Entrada franca.

Nesse sentido, o projeto, que foi contemplado pelo Rumos Itaú Cultural, iniciou em Teresina, passou por São Luís e agora, chega em Belém. Segundo a organização do evento, as regiões norte e nordeste foram escolhidas por terem alto índice de violência especialmente contra a comunidade LGBTI+.

A peça expõe histórias sobre arte, exclusão, decadência e violência, presentes no cotidiano desta população. Contudo, simultaneamente, subverte essas histórias tristes. Vai além ao abordar narrativas de superação e transformação, com o interesse em fortalecer e ampliar essa investigação, promovendo um estudo acerca da “artesania” e “travestilidade” enquanto metodologia em artes cênicas.


Por fim, segundo a organização, o espetáculo trata de uma pesquisa social, antropológica e artística escrito e dirigido por Silvero Pereira, ator e pesquisador cearense, e Jezebel De Carli, professora e diretora gaúcha. Informações: G1

Serviço:

Espetáculo: Quem Tem Medo de Travesti
Teatro Estação Gasômetro
Dias: 20 e 21 de maio.
Horário: 20h
Ingresso: gratuito
Endereço: Av. Gov Magalhães Barata, 830 – São Brás
Informações: (91) 40098720 / 4009 8722 – Whatsapp: 21 997840711