O cantor Dan Reynolds
O cantor Dan Reynolds (Foto: Reprodução)

Aliado da causa LGBT, o vocalista da banda Imagine Dragons, Dan Reynolds, protestou nesta quarta-feira (1º), durante o Billboard Music Awards, contra a política de “cura gay”, que ainda é permitida em algum estados do Estados Unidos.

“Só quero aproveitar este momento para dizer que há 34 estados [dos EUA] que ainda não têm leis que proíbam a terapia de conversão. Vimos que a taxa de depressão dobra e a taxa de suicídio triplica após a tentativa de conversão. Isso pode mudar, para isso precisamos conversar com os legisladores estaduais para promover leis que protejam os nossos jovens LGBT”, disse o artista, que tinha acabado de receber o prêmio de ‘Melhor Banda de Rock de 2019’.

Apesar de hétero e com três filhas, Dan é um dos artistas mais ativos na luta por direitos à comunidade LGBTQ+ na atualidade. Ele já foi missionário da igreja Mórmon e, a longo dos anos, sempre lutou por amigos gays dentro da igreja.


“Eu não sinto necessidade de denunciar o mormonismo. Eu sinto a necessidade, como um mórmon, de falar contra as coisas que estão machucando as pessoas ”, disse ele, em entrevista ao Los Angeles Times. “Se os líderes da igreja não mudarem a doutrina, então a cultura precisa mudar. Esse é o objetivo”, completou.