Damares Alves
Damares Alves (Foto: reprodução)

São diversas declarações que fazem Damares explodir nos noticiários. Se o intento for este, está executando muito bem. De fato, após gerar controvérsia com declarações sobre a submissão feminina no contexto bíblico, a bola da vez foi um vídeo sobre Frozen que veio à tona.

A pastora Damares, em uma de suas pregações gravadas em vídeo, explica a razão de a princesa Elsa, do filme infantil Frozen, terminar sozinha em um castelo de gelo. “Porque ela é lésbica”, assevera a ministra.

“Acreditem: eles estão armados, articulados. O cão está muito bem articulado e nós estamos alienados”, diz Damares, criticando a suposta tentativa da mídia de impor identidade de gênero e sexualidade para as crianças. O vídeo foi gravado em evento realizado em abril de 2018.


Independentemente de ela estar criticando, existe sim essa possibilidade da personagem da Disney ser lésbica, mas ainda são especulações. O que não existe é a ideia de que Elsa terá um romance lésbico explicito em novos filmes, muito menos cenas em que ela beijará outra princesa.

Apesar de não dar certeza, Jennifer Lee, uma das criadoras do filme, revelou que as manifestações surtiram efeito, e que já existem conversas sobre o caso. 

“Estou pessoalmente empolgada de ver esse assunto sendo debatido. Não posso prometer que vá acontecer de fato ainda, mas posso dizer que existem sim conversas a respeito. De qualquer modo, fico feliz que as pessoas estejam falando disso, é importante que esse assunto seja abordado nos dias de hoje cada vez mais!”, completou. (Um adendo: Esta foi uma publicação do Observatório G, em fevereiro de 2018).

Ademais, em defesa publicada em seu intagram sábado (11), a ministra ratificou o que está supracitado. “Fui surpreendida com mais esta polêmica que tem como base, novamente, uma pequena parte recortada de um vídeo que foi gravado durante uma de minhas palestras na igreja”.