Diego Hypólito (Reprodução/Tv Globo)
Diego Hypólito (Reprodução/Tv Globo)

Após falar pela primeira vez sobre sua sexualidade, o ginasta Diego Hypólito, 32 anos, agradeceu o carinho dos seguidores e amigos, pelas mensagens de apoio que tem recebido.

“Meu telefone não parou, de jeito nenhum, só porque eu contei que eu sou gay. Estou causando na internet, gente. Eu já achava que as pessoas sabiam, mas da minha boca foi dito só agora e me fez bem”, disse o atleta nos stories do Instagram.

Em outro momento Diego disse que já acreditava que as pessoas sabiam de sua orientação sexual, mas que precisava que elas soubessem disso através dele.


“Estou me sentindo muito feliz por ter falado. Pode parecer besteira e algo que todo mundo já sabia, mas era uma coisa que me incomodava muito e achei importante falar para que as pessoas não passem pelo que eu passei. A gente tem que se posicionar e falar para se tornar exemplo para que algumas pessoas não sintam depressão”, declarou.

Em entrevista ao site Uol Esportes, Diego relatou que por muito tempo sofreu bastante por não ter com quem compartilhar suas dores. “Eu vivi a solidão de não ter ninguém com quem eu pudesse compartilhar os dilemas de ser uma pessoa gay numa sociedade preconceituosa. Por mais que todo mundo tenha a impressão de que tem muito gay na ginástica, não tem”, contou