Pabllo Vittar no clipe de "Buzina" (Foto: Divulgação)

Pabllo Vittar é a estrela da capa de maio da revista Gay Times, uma das mais importantes sobre a comunidade LGBTQ. A novidade foi anunciada na manhã desta segunda-feira (29), no perfil oficial da publicação.

“Pabllo Vittar é uma anomalia maravilhosa. Seu país de origem, o Brasil, tem a maior taxa de homicídios registrados de pessoas LGBTQ no mundo.”, diz a publicação. O texto ainda lembra declarações polêmicas de cunho homofóbico do presidente Jair Bolsonaro.

“Aqui temos um gay drag queen orgulhoso, representando a vibrante comunidade queer do Brasil numa escala global. Ostentando o maior número de seguidores de drag queen no mundo (8.4 milhões) e fazendo números estratosféricos no YouTube. Conversamos com o ícone sobre a realidade de ser abertamente uma pessoa queer no Brasil. Suas lutas para fazer sucesso na indústria musical drag, e porquê você não a verá em ‘Drag Race’ tão cedo.”, completou.


A Gay Times é uma das revistas do meio mais tradicionais do mundo. Personalidades como Dan Reynolds, Ellen Page e Boy George já estamparam as suas páginas.