Ayako Fuchigami
Ayako Fuchigami (Foto: Divulgação)

Ayako Fuchigami se tornou a primeira japonesa transgênero eleita como membro de uma assembleia provincial. O resultado se deu após as eleições de domingo (07), conforme informações da imprensa local.

A parlamentar concorreu pelo Partido Constitucional Democrático do Japão, um partido social-liberal do centro esquerda. A sua atuação teve forte posicionamento contra o militarismo e a energia nuclear. O partido foi fundado em 2017, após a cisão da ala esquerda do Partido Democrático.

A candidata obteve uma cadeira na assembléia, em um distrito eleitoral da cidade de Sapporo, capital da província de Hokkaido. “Quero retribuir aos que me apoiaram trabalhando duro para criar uma sociedade na qual os LGBT possam ser ativos.”, afirmou Ayako.


A representante tem como meta mudar diversas atitudes da sociedade japonesa, ainda muito homofóbica. Ela promete lutar ativamente pelo reconhecimento legal dos casais do mesmo sexo, algo que não existe na legislação do país.

Ela afirma ter consciência de sua identidade de gênero desde a escola primária, porém só assumiu após a fase adulta. Um ano após deixar o ministério, ela estreou como dançarina em um clube de Sapporo, depois adotando oficialmente o nome de Ayako.