Homem do Tennessee que se gabou de agredir gay em redes sociais se declara culpado
Brandon Wiley, do Tennessee, se declarou culpado de agressões contra homem gay (Foto: Divulgação)

Um homem do Tennessee se declarou culpado de agressão depois de atacar um gay. O crime aconteceu em julho do ano passado, e surpreendeu pelo fato dele se gabar pelo feito nas redes sociais.

Brandon Wiley, de 24 anos, deixou um homem de 39 anos com múltiplas fraturadas, após um assalto violento em MJ’s Bar & Grill em Murfreesboro. A vítima precisou ficar internada em um hospital para tratar os ferimentos.

Após o ataque, Wiley postou várias fotos de si mesmo cobertas de sangue, na qual se vangloriava como ele tinha batido em um homem gay que tinha agarrado sua virilha.


Quando a polícia questionou Wiley sobre o incidente, ele inicialmente alegou que a vítima havia o assediado. Mas investigações, no entanto, revelaram que o agressor mentiu no depoimento.

Tanto testemunhas oculares e filmagens relataram que o homem não atacou Wiley de forma alguma. Segundo a vítima, ele cantou Wiley, que respondeu com violência.

Wiley se confessou culpado na semana passada, com sua condenação marcada para 28 de junho. No estado do Tennessee, a agressão se qualifica como crime e leva uma sentença mínima de prisão de três anos.