O participante do BBB 19, Danrley
O participante do BBB 19, Danrley (Foto: Reprodução/TV Globo)

Danley Ferreira, ex-participante do BBB 19, deu uma lição de moral em alguns seguidores homofóbicos que insinuaram sobre sua sexualidade. Em resposta, o vendedor de picolé, que tem apenas 20 anos, declarou que ser chamado de gay não é ofensa.

“Só rindo das pessoas vindo na minha foto, tentando me insultar mandando eu ‘sair do armário’, como se eu fosse ficar mega ofendido. Esperando ansiosamente o dia em que esse pessoal vai parar de se incomodar com a sexualidade alheia”, publicou Danrley no Twitter.

Após a declaração, a colega de confinamento, Hana Khalil, também deu sua opinião e defendeu o conterrâneo. “Eles não podem ver um homem de verdade, sem masculinidade frágil, que ficam se doendo, amigo… Mico”.


Em seguida, Danrley até confessou que ser chamado de “hétero afeminado” seria mais aceitável, inclusive ele iria adorar o novo adjetivo.