Casal gay Will e Marcelo vítimas de homofobia
Casal gay Will e Marcelo vítimas de homofobia (Foto: Acervo Pessoal)

O casal Will Oliveira, de 26 anos, e Marcelo Brito, de 34, afirmam ter sido vítima de homofobia dentro de uma loje em São Paulo. O fato ocorreu na última terça-feira(16), quando eles foram alugar os ternos para o casamento. O aluguel foi um presente de um amiga do casal.

Will provou diversos modelos, e após escolher o seu preferido, desceu para o 1º andar da loja, para esperar Marcelo. “Nós ficamos em salas diferentes para um não ver a roupa do outro antes do casamento”, lembrou Will ao UOL.

Ao esperar o companheiro, ele foi abordado por um senhor que  perguntou se ele precisava de alguma ajuda. Ao explicar que estava apenas esperando o seu noivo, foi então, que a confusão começou.


O senhor não se conformando com a resposta, foi até o provador de Marcelo, e confirmou a história. Após isso Will presenciou o idoso, discutindo com uma moça da loja. O mesmo teria dito que “não atenderia esse tipo de público” e que “prefere ficar sem clientes na minha loja do que atender esses gays”.

“Eu fiquei péssimo. Quando o Marcelo saiu do provador, sem saber de nada, só falei pra ele deixar a roupa lá e fomos embora”, contou Will que é professor de Libras em um escola de Guarulhos.

O caso foi denunciado como injúri na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância – DECRADI. O relato nas redes sociais recebeu mais de 180 compartilhamentos e 400 comentários, em uma semana. Por causa da repercussão, muitas empresas decidiram presenteá-los com a roupas e até álbum de fotos para o casamento.

“Se a gente se calar, a comunidade não avança em direitos” acredita o professor de libras. “Eu não estou enfiando minha orientação sexual goela abaixo de ninguém, mas quero ser respeitado”, enfatizou o noivo.