A cantora Britney Spears
A cantora Britney Spears (Foto: Divulgação)

Britney Spears tranquilizou os fãs e desmentir rumores que começaram a surgir após ser internada em um clínica psiquiátrica. Em seu perfil no Instagram, a cantora falou sobre a situação.

“Eu queria dizer ‘olá’ porque as coisas que estão sendo ditas acabaram saindo do controle. Uau! Há rumores, ameaças de morte a minha família e minha equipe, e tantas coisas malucas sendo ditas… Eu estou tentando tirar um momento para mim, mas tudo o que está acontecendo está apenas tornando isso mais difícil.”, afirmou ela.

A intérprete de Baby One More Time ainda alertou para notícias falsas que saíram sobre ela. Não acredite em tudo que você lê e ouve. Esses e-mails falsos em todos os lugares foram criados por Sam Lutfi anos atrás… Eu não os escrevi. Ele estava fingindo ser eu e me comunicando com a minha equipe com um endereço de e-mail falso”, disse a cantora se referindo ao ex-empresário.


Britney encerrou dizendo estar focada em melhorar a sua saúde mental e e que conta com  a compreensão dos fãs para atravessar este momento difícil. “Minha situação é delicada, mas eu prometo fazer o melhor neste momento. Você pode não saber isso sobre mim, mas eu sou forte e defendo o que eu quero! Seu amor e dedicação são incríveis, mas o que eu preciso agora é um pouco de privacidade para lidar com todas as coisas difíceis que a vida está jogando no meu caminho. Se você pudesse fazer isso, eu ficaria eternamente grato. Amo vocês”, declarou.

Internação pacífica

A famosa está internada desde o início do mês, após passar por uma crise devido o estado de saúde delicado  do pai, Jamie Spears, que sofreu uma ruptura do cólon e correu risco de morte. Ela chegou a cancelar a agenda de compromissos, incluindo shows, em janeiro, para estar junto da família.

Segundo o site especializado em celebridades TMZ, Britney se internou voluntariamente na clínica. Uma fonte teria afirmado que Jamie passa bem, após ter feito a última cirurgia há três semanas, e que a loira está passando por dificuldades para lidar com a doença do pai, responsável por reerguer a carreira da filha após a crise psicológica que sofreu em 2007.