Thammy tem posse como vereador suspensa e protesta na Câmara de São Paulo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thammy Miranda (PP) mal foi anunciado como vereador e já foi retirado do cargo. O ator iria assumir a cadeira que era de Camilo Cristófaro (PSB), que teve o mandato cassado. Entretanto, o parlamentar conseguiu recuperar a vaga.

Thammy tomaria posse nesta quinta-feira (21), na Câmara de Vereadores, a partir da decisão do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin. À convite do presidente Eduardo Tuma, ele subiu à tribuna e lamentou a decisão judicial de reinstalar Cristófaro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O discurso lhe rendeu aplausos. Em entrevista ao programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, o filho de Gretchen informou que vai recorrer o seu posto na câmara. Cristófaro retornou ao cargo sob diversas reações e ao citar o suplente lhe tratou no feminino, sem respeitar a sua identidade de gênero.

Cristófaro foi cassado pelo Ministério Público Eleitoral, por captação ilícita de recursos financeiros durante as eleições 2016. Neste mesmo pleito, Thammy conquistou 12.408 votos, garantindo o lugar de suplente. Ele será o primeiro vereador transexual a assumir o cargo em São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio