Katherine Heigl e Laverne Cox em cena de Doubt, série inédita no Brasil que chega agora ao Globoplay. (Foto: Divulgação)
Katherine Heigl e Laverne Cox em cena de Doubt, série inédita no Brasil que chega agora ao Globoplay. (Foto: Divulgação)

Segundo Guia Gay, em fevereiro de 2017, a série Doubt estreou na rede CBS. Afinal, tinha como vedetes Laverne Cox (Orange Is the New Black) e Katherine Heigl (ex-Grey’s Anatomy). Mas o drama sofreu um cancelamento precoce e foi tirado do ar após a exibição de dois episódios. Com isso, se tornou o maior fracasso da TV norte-americana na década. Inédita no Brasil, a atração chega nesta sexta (15) ao Globoplay.

A atração jurídica foi idealizada por Tony Phelan e Joan Rater, dupla indicada duas vezes por Grey’s Anatomy (2006 e 2007) na categoria melhor drama. Eles elaboraram a trama que acompanhava Sadie Ellis (Katherine), uma advogada de uma firma de ponta em Nova York que se apaixonou por um cliente, cirurgião acusado de matar uma ex-namorada há 26 anos.

Veja mais: Novo álbum de Beyoncé deve ter empoderamento feminino como tema, diz jornal


Indicada ao Emmy em 2014 e 2017. Laverne aparece em Doubt na pele de Cameron “Cam” Wirth, uma mulher transexual que advoga pelos direitos de minorias. Ela é colega de trabalho de Sadie. O elenco contava ainda com Dreama Walker (Gossip Girl), Dulé Hill (Psych), Elliot Gould (Friends) e Steven Pasquale (Bloodline).

A CBS tomou a decisão incomum de cancelar Doubt logo de cara devido ao péssimo desempenho da série junto ao público. Além disso, a atração foi detonada ao apresentar uma história mal desenvolvida, sem apelo.