Projeto propõe instalar Centro de Acolhimento LGBT em Santos
Prefeitura de Santos estuda colocar Centro de Acolhimento LGBT em antigo prédio de ambulatório (Foto: Reprodução/Google Maps)

Uma iniciativa do Conselho de Cultura (Consult), da Prefeitura Municipal de Santos, no litoral paulista, tem dado vários motivos de alegria e celebração de grupos da diversidade, com a proposta da instalação do primeiro Centro de Acolhimento à Pessoas LGBT+.

O projeto, pioneiro na Baixada Santista, deverá acolher vítimas de violência, e até mesmo pessoas expulsas de casa devido sua condição sexual e/ou identidade de gênero. O Conselho está trabalhando junto as outros órgãos municipais, a fim de mapear e elencar espaços públicos ociosos onde pode vim a ser instalado o centro.

Um dos espaços que estão em discussão, é o antigo prédio do Ambulatório de Especialidades de Santos. O espaço Casa 1, república de acolhimento e centro cultural destinado à LGBTs na capital paulista, é a inspiração para a nova entidade.


De acordo com Junior Brassalotti, presidente da Concult, já foram mapeados cerca de 150 imóveis. “É um espaço imenso e que, atualmente, está ocioso. Em um espaço como aquele, seríamos capazes de receber não só um centro de acolhimento para pessoas LGBT+, como também para artistas em trânsito na cidade, um hotel solidário. Não daria só um abrigo à essa população como também levaria vida ao Centro da cidade.”, ressaltou ele em entrevista ao G1.