Bandeira LGBT
Bandeira LGBT (Foto: divulgação)

O governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, afirmou que vai proibir a chamada “Cura Gay” no país. Esta terapia de reversão sexual, já causou polêmica no Brasil, justamente, porque a OMS, já retirou a homossexualidade da categoria  doença.

Segundo o site Pink News, Rosselló anunciou a decisão na quarta-feira (20 de março), dias depois de um projeto de lei sobre o assunto ter sido bloqueado na Câmara dos Deputados por seu próprio partido, o Novo Partido Progressista.

Veja mais: Senado aprova multa para quem pagar salário diferente para mulher


“Como pai, como cientista e como governador de todos em Porto Rico, acredito firmemente que a ideia de que há pessoas em nossa sociedade que precisam de tratamento devido à sua identidade de gênero ou a quem ama não é apenas absurda, mas é prejudicial para tantas crianças e jovens que merecem ser tratados com dignidade e respeito ”, disse o governador em comentários citados na mídia local.

Rosselló acrescentou: “Eu me esforço para que Porto Rico seja uma sociedade na qual todos, não importa quem eles amem, possam ser aceitos e viver sem medo de perseguição. Isso inclui os mais vulneráveis ​​da sociedade, nossos filhos, que devem ser apoiados e amados. A terapia de conversão não beneficia ninguém de forma alguma, apenas causa dor e sofrimento inimagináveis. ” findou.