A travesti Dandara brutalmente assassinada em Fortaleza
A travesti Dandara brutalmente assassinada em Fortaleza (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu um suspeito de participar do assassinato da travesti DandaraA ação aconteceu por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Francisco Wellington Teles foi capturado na cidade de Caucaia, região metropolitana de Fortaleza, na última sexta-feira (15). Ele é considerado foragido da justiça.

O acusado estava com um mandado de prisão em aberto desde de março de 2017. Segundo as investigações, ele morava com a companheira em uma casa alugada no bairro de Barra Nova, onde trabalhava como conserto de eletrodomésticos.


LEIA MAIS:

Travesti é assassinada a tiros após sair de festa em Buritis (RO)

Transexual acusa funcionários de casa noturna por agressões transfóbicas

Wellington é apontado como o responsável por levar a vítima até o local do crime, onde foi espancada e depois assassinada com tiros. O crime foi filmado e divulgado nas redes sociais. A ação aconteceu no bairro do Bom Jardim, periferia da capital cearense.

A Polícia do Ceará indiciou 10 envolvidos no crime, sendo quatro adolescentes e seis adultos. Wellington é o único que não foi levado ao júri popular no julgamento realizado em abril de 2018.