O ator Paulo Gustavo e a mãe Dea Lúcia no Mais Você (Foto: Reprodução/TV Globo)

Convidado do Mais Você nesta sexta-feira (29), junto com a mãe Dea Lúcia, Paulo Gustavo comentou sobre a sua sexualidade. O ator falou à Ana Maria Braga, da importância de levantar a bandeira a favor da comunidade LGBT. Além disse, ele falou que a sua figura ajuda muitas pessoas que sofrem preconceito por causa da sua condição sexual.

“Tenho uma família que sempre me aceitou. Sei que não é a realidade de todo mundo. Mas acho que, através do meu trabalho, tento sempre transformar as pessoas. Sou um cara mega feliz, tive apoio dos meus pais. Encontrei o Thales (Bretas), que é um cara superespecial na minha vida.”, afirmou o humorista após receber um depoimento de Monica Martelli, sua companheira no filme Minha Vida em Marte.

O ator contou com bom humor sobre o momento que saiu do armário para a mãe. “Minha mãe virou pra mim e perguntou se eu era gay. Assumi e perguntei o porquê do questionamento. Ela me disse que tinha medo que eu sofresse na rua e que em casa poderia ser o que eu quiser, que me amava de qualquer jeito”, revelou.


Paulo também recebeu a declaração da irmã, Juliana, que costuma posar ao lado da namorada nas redes sociais, e se derreteu ao falar do marido, o dermatologista Thales Bretas. “Fiz questão que a cerimônia do meu casamento fosse um acontecimento porque quis inspirar as pessoas”, disse

“Fiquei pensando que, como a minha carreira tem dado certo, ganhando uma projeção muito grande, além do meu trabalho ser para todas as idades, quis falar com todo mundo que sou gay, casado, honesto e ético. Quis mostrar isso para as pessoas. Minha mãe também recebe muitas mensagens de outras mães que, hoje, lidam melhor com os filhos gays.”, completou.