Mulher cis hétero Larissa sofre transfobia em Santos, litoral de São Paulo
Mulher cis hétero Larissa sofre transfobia em Santos, litoral de São Paulo (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma mulher hétero e cis, identificada apenas como Larissa, sofreu um ataque transfóbico, no último sábado (23). As agressões aconteceram em Santos, no litoral de São Paulo. As informações são do site Põe na Roda.

Conforme relatou a irmã da vítima, Andryelly Tavarez, Larissa, de apenas 22 anos, voltava a pé para casa, de um encontro com amigos quando foi surpreendida por um grupo de cinco rapazes.

O grupo gritava chamando a vítima de “travesti”, foram uma série de provocações e xingamentos, diversas agressões averbais, e que quase se tornaram agressões físicas.


Larissa apressou os passos, andando o mais rápido possível, para fugir do grupo. Ao passar por um mercado ainda aberto, ela entrou e esperou até que os rapazes passassem, assim a deixando em paz, infelizmente não foi o que aconteceu, o grupo se posicionou na frente do estabelecimento, xingando e fazendo inúmeras ameaças, e ainda fazendo um paredão impedindo assim a sua saída do mercado.

Foi então que Larrissa pediu para que uma das atendentes do estabelecimento para chamar a polícia. Com a chegada da primeira viatura da polícia os agressores se sentiram intimidados e se dispersaram.

Apesar de não sofrer nenhum tipo de violência física, a vítima ficou com o psicológico abalado.“Ela está traumatizada e tomando calmantes. Com medo, não está mais saindo na rua nem de manhã, quanto mais a noite!”, contou a irmã.

Vale lembrar que o episódio de Larissa se soma a outros casos de LGBTfobia recentes. Como o do jovem carioca Jonatas Dias, no Rio, que foi espancado por seis homens homofóbicos. E o que recebeu grande repercussão na mídia, do youtuber Guigo Kieras, que apanhou por um grupo de policiais militares durante o último carnaval.