Casal de lésbicas é morto a facadas em Angra dos Reis
Casal de lésbicas é morto a facadas em Angra dos Reis [Foto: Arquivo Pessoal]

Um casal lésbico de Angra dos Reis foi morto a facadas por um vizinho, na Costa Verde do Rio de Janeiro, na madrugada deste sábado (16). Um desentendimento na noite anterior entre o autor do crime e uma das vítimas teria motivado os assassinatos.

Segundo a Polícia Militar, o homem, de 44 anos, teria cantado uma das mulheres um dia antes do o ocorrido. O “assédio” teria desencadeado uma discussão que deixou o autor do crime com raiva. As informações dão conta que ele as viu na vila de casas onde moram e buscou uma faca em casa.

Com a arma branca, ele matou Iasmym Nascimento de Souza da Silva, de 20 anos, com quem discutiu, e depois Juliana Dantas Monteiro, de 24, que morreu tentando defender a namorada. O caso aconteceu na Rua Matelândia, no bairro Japuíba.


LEIA MAIS:

Guarda civil agride jovem em frente a boate LGBT em Londrina

Após boatos sobre ser gay, aluno se revolta e atira em frente escola

O acusado foi encontrado pelos policiais militares, já na manhã de sábado (16), na Rodovia Lúcio Meira (RJ-155). No momento, o autor do duplo homicídio estava em fuga para Barra Mansa. O homem foi autuado na delegacia de Angra dos Reis.

O criminoso também já tinha um mandado de prisão em aberto, por um homicídio contra uma mulher em Araxá, em Minas Gerais. As informações são do G1.