O humorista Fábio Porchat
O humorista Fábio Porchat (Foto: DIvulgação)

Fábio Porchat, que na próxima semana estreará a série “Homens” no Comedy Central, comentou sobre cenas da atração. No enredo, foram abordados os obstáculos dos  homens perante a disfunção erétil e como lidam com a acusação de serem machistas. O personagem do humorista enfrenta problemas com ereção. Para o trabalho, o ator mostrou tudo em frente às câmeras.

“Fico pelado. De p** para fora. É um longa-metragam! Dá para ver o órgão (…) É uma loucura. Cena de mulher pelada no cinema? Tem 400 mil. Cenas de homens pelados no cinema? Tem 30. Falei ‘Vamos fazer’. Tem cenas bem reais. Dá vergonha, um constrangimento. Já fiquei pelado no ‘Porta dos Fundos’, em set, é tudo meio ruim”, disse, em entrevista a Danilo Gentili.

Saiba mais: Exposição ‘Ocupação Feminista: o Tempo Não Para’ fica em exibição até dia 24 de março


Porchat também revelou ter feito laboratório em uma clínica que trata do tema. Fábio visitou uma clínica para disfunção erétil e ejaculação precoce para estabelecer o roteiro da atração.

Tolentino é a nova representação da comunidade LGBT; conheça sua nova música

“É uma série que fala sobre machismo e homens se percebendo machistas. O único lugar de fala que eu tenho é falar do homem hétero. Então, resolvi falar do cara que brochar (…) Eu fui conversar com pessoas, fui ao Boston Medical Group (…) A fachada do consultório é outra. Por isso ninguém nunca viu. As pessoas têm vergonha (…) As pessoas que vão lá estão há dez anos brochando”.