Jean Wyllys
O ex-deputado federal Jean Wyllys (Foto: Reprodução)

A embaixadora Maria Nazareth Farani Azevedo e o ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) protagonizaram uma discussão em um evento da ONU, em Genebra, nesta quinta-feira (15). 

A ONU realizou eventos durante a semana para debater a situação atual do Brasil, mas a embaixadora não compareceu a nenhum. Maria Nazareth foi apenas a esse debate em que o político havia sido convidado. As informações são do jornalista Jamil Chade, do UOL.

LEIA MAIS


“Estava certo ao sair do país”, dispara Jean Wyllys sobre prisão de suspeitos da morte de Marielle

“Não tenho medo nenhum” afirma Daniela Mercury sobre políticas do governo

Em um debate sobre o populismo no mundo, o ex-deputado falou sobre o aumento do totalitarismo e mencionou o governo atual de Jair Bolsonaro. 

“Novos autoritarismos, como o do Brasil, continuam elegendo inimigos internos da nação por meio da difamação e constituindo grupos para culpá-los pelos problemas econômicos”, disse Jean, que saiu do país após ameaças de morte.

Discussão entre a embaixadora e Jean Wyllys

Segundo as informações, a embaixadora pediu permissão para interferir em falas de membros do painel, porém a moderadora a ignorou no começo. Wyllys seguiu seu discurso esclarecendo o motivo de ter deixado o país.

“Não pude assumir meu terceiro mandato para o qual fui democraticamente eleito por conta de ameaças de morte que vinha recebendo desde 2011 e, em especial, durante a campanha de 2018”, explicou o ex-parlamentar.

Ao se aproximar do fim do evento, a embaixadora pediu a palavra para a moderadora. “Bolsonaro não abandonou o Brasil, mesmo depois de ter levado uma tentativa real de tirar sua vida”, afirmou Maria Nazareth.

A embaixadora já representou governos passados, mas fez comentários negativos sobre os mesmos em sua fala. “Não é um criminoso e seu governo não é uma organização criminosa”, disse sobre o presidente Jair Bolsonaro.

Maria Nazareth complementou afirmando que o governante não é machista, racista e misógino e a plateia caiu na risada. Jean Wyllys quis responder os comentários, porém a embaixadora abandonou a sala e o ignorou. Confira o momento no vídeo abaixo!