Feminicídio
Feminicídio [Ilustração: Reprodução/Internet]

Dois casos de feminicídio foram registrados na última segunda-feira (18) em Santo André, na região do ABC, em São Paulo. Enquanto em um, o crime chocou pelo autor colocar o corpo da mulher dentro da geladeira, o outro a vítima foi executada a tiros.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, o assassinato envolvendo a geladeira aconteceu no bairro São Jorge, por volta das 8h. Lucas Alves da Silva Santos, 24 anos, estava em processo de separação com Engel Sofia Pironato, de 21 anos. Em meio a uma discussão, ele deu um mata leão na esposa. Quando percebeu que ela estava morta, retirou as prateleiras da geladeira e colocou o corpo dentro.

LEIA MAIS:


Polícia do Ceará prende acusado do caso Dandara que estava foragido

Travesti é assassinada a tiros após sair de festa em Buritis (RO)

A polícia ainda informou que Santos passou o resto do dia na rua, e só voltou a casa para pegar algumas roupas à noite, com o intuito de fugir. Ele pretendia conseguir refugio na residência de um tio, em Ermelino Matarazzo, na zona leste da capital paulista. A Polícia Militar apreendeu o acusado por volta de 23 horas, em um veículo por aplicativo.

No outro caso de feminicídio, o homem, identificado como Manoel Gomes de Oliveira foi preso após atropelar e matar a tiros Elieide Rodrigues de Oliveira, de 38 anos. O crime aconteceu em uma no Jardim Rina, e registrado por uma câmera de segurança da rua. Oliveira foi perseguido por pela polícia, onde houve troca de tiros na zonal leste. O suspeito ficou ferido e levado para o hospital Santa Marcelina, onde está internado.