O ator Dado Dolabella
O ator Dado Dolabella (Foto: Reprodução/Instagram)

A última sexta-feira (22) foi celebrado o Dia Mundial da Água. Engajado com as questões do planeta, Dado Dolabella fez um textão no Instagram sobre os benefícios que a adoção de uma dieta vegana traz para a terra. Entretanto, a publicação chamou a atenção mesmo por ele exibir o corpo bem torneado em uma foto na qual aparece apenas de sunga em meio ao oceano.

“Todos os dias comemoro o fato de ter me tornado vegano. Porém, me fez abrir os olhos não somente para a grave questão do holocausto animal. Mas todas as consequências que isto causa ao nosso planeta e a cada um de nós em particular.”, contou.

“Ouvir as pessoas dizerem que veganos são muito radicais, me deixa muito preocupado. Será que nossa casa não está em ruínas, clamando por ajuda? Se continuarem os estupros dos oceanos como são feitos todos os anos, sabia que em 2048 não haverá mais nenhuma vida no mar?”, questionou.


O ator continuou: “Entretanto, o veganismo não é alheio a preservação ambiental, muito pelo contrário. A vida de qualquer animal, entre eles o ser humano, só é possível em um ambiente natural preservado em que os recursos sejam explorados de maneira a não comprometer seus ciclos.”

Corpo torneado faz sucesso na web

Apesar da mensagem sobre conscientização, a foto roubou a cena entre os seguidores pelo porte físico do famoso. “Olha ai vegano tanquinho que ótimo, mostra que salvar animais é dez..”, afirmou um fã. “Que corpo!”, exaltou outro acompanhado de emojis de palmas. “Duas belezas deslumbrantes”, elogiou um terceiro. “Belo Deus netuno, muito sex. amo demais!!!!”, exclamou mais um.

Outros que também arrancaram suspiros recentemente ao publicar uma foto sensual nas redes sociais, foi Bruno Gagliasso e Jonas Sulzabach. O ator aparece deitado apenas de cueca. Enquanto o ex-BBB exibiu o seu tanquinho em um post que atiçou os internautas ao fingir deixar a toalha cair.

View this post on Instagram

Todos os dias comemoro o fato de ter me tornado vegano. Porém, me fez abrir os olhos não somente para a grave questão do holocausto animal, mas todas as consequências que isto causa ao nosso planeta e a cada um de nós em particular. Ouvir as pessoas dizerem que veganos são muito radicais e que devemos dar tempo ao tempo de cada um me faz refletir e me deixa muito preocupado. A nossa casa, nossa mãe Terra tem todo esse tempo para que cada um de seus filhos possa acordar quando quiser? Será que nossa casa não está em ruínas, clamando por ajuda? Se continuarem os estupros dos oceanos como são feitos todos os anos, sabia que em 2048 não haverá mais nenhuma vida no mar? Em datas como a de hoje, que comemoramos o Dia Mundial da Água, a preservação é o desafio a ser enfrentado por todos os países. Uma das principais causas do grande consumo e desperdício de água é a alimentação. O principal foco de alto consumo de água é a pecuária. No veganismo porém, optamos a não comer carne por questões que vão muito além da consciência ambiental. Entretanto, o veganismo não é alheio a preservação ambiental, muito pelo contrário. A vida de qualquer animal, entre eles o ser humano, só é possível em um ambiente natural preservado em que os recursos sejam explorados de maneira a não comprometer seus ciclos. Não se alimentar de origem animal é a maior contribuição quando falamos de água. Isso porque, segundo a organização Water Footprint, a produção de um quilo de carne bovina exige 15 mil litros de água. Esse número pode variar para mais ou para menos de acordo com o país. Um relatório produzido pela mesma organização aponta que, enquanto isso, a escassez de água afeta pelo menos 2,7 bilhões de pessoas no mundo em pelo menos um mês a cada ano. O documentário “Cowspiracy”, apresenta dados de diversos estudos que demonstram números alarmantes quando tratamos apenas a questão da água: São necessários 3,7 mil litros de água para a produção de 3,7 litros de leite; São necessários 3,4 mil litros de água para 450 gramas de queijo; O consumo de água em plantações exclusivas para alimentação de animais consome até 33% da água doce do planeta. (Segue nos comentários)

A post shared by DADO (@dadodolabella) on