Bruna Linzmeyer
A atriz Bruna Linzmeyer (Foto: Instagram/Reprodução)

Bruna Linzmeyer falou sobre o orgulho em se identificar abertamente como lésbica para a revista “Women’s Health Brasil”. A atriz é uma importante voz para o movimento LGBT e liberdade feminina no Brasil. 

“O orgulho LGBT tem a ver com você recusar sentir vergonha da vergonha que os outros sentem de você”, disse na publicação. Ela também abordou sobre o julgamento que a sociedade impõe as mulheres por seu corpo ou roupa.

LEIA MAIS


Bruna Linzmeyer faz post homenageando Márcia Tiburi e dispara: “O feminismo é o contrário da solidão”

Pabllo Vittar é confirmada para a Parada LGBTI de Los Angeles

“Sempre lidei bem com o que está dentro de mim. Nunca foi um grande problema. Sempre pensei que não vou sentir vergonha porque você está incomodado com o meu shortinho muito curto, sabe? Acho que é nesse sentido que fico confortável”, comentou a atriz.

Em situações do cotidiano das mulheres, como o ciclo menstrual e a ovulação, Bruna disse que se sente à vontade. “Eu amo ovular. Porque tenho uma energia nessa semana. Tenho muito tesão, tenho muita vontade de transar, tenho vontade de resolver as coisas, trabalho muito”, revelou.

Mas, apesar de ser tão segura, ela revelou que o assédio é algo que a incomoda muito na sociedade. O desconforto existe, principalmente quando me sinto invadida por um olhar que não é bem-vindo, por um olhar que às vezes pode se tornar violento em situações vulneráveis, como quando estou sozinha na rua”, explicou Bruna Linzmeyer.