Cena do filme
Cena do filme "Sócrates" (Foto: Divulgação)

Por André Júnior

O ator Christian Malheiros, formado pela Escola Wilson Geraldo de atores, estreia nas telonas neste ano com o longa Sócrates. O filme conta a história de um adolescente homossexual da periferia da Baixada Santista, litoral de São Paulo. O jovem enfrenta inúmeras dificuldades após o falecimento de sua mãe.

A obra audiovisual da Querô Filmes já acumula prestigio graças às exibições em festivais internacionais que ocorrem no último trimestre de 2018. “Sócrates” foi indicado ao Oscar do cinema independente, o “Spirit Awards 2019” e saiu de lá com uma estatueta. O longa estreia em Março de 2019 nos cinemas de todo o Brasil. A produção promete fazer muito sucesso entre a comunidade LGBT e os cinéfilos do país.

– Christian, como ocorreu o teste para o papel de Sócrates no longa?

Estava trabalhando no TJSP e prestes a formar na escola de teatro e surgiu a oportunidade de fazer o teste. Testaram mais de 800 pessoas para o papel, fiz uma bateria de 2 meses de testes até chegar ao personagem.

– Como foi para você ter de dar vida a um personagem homossexual (sendo heterossexual)? Qual cuidado você e a equipe de produção tiveram quanto ao assunto?

Foi muito natural. A homossexualidade do personagem nem pra mim nem pra equipe foi um tabu ou algo difícil de lidar. Existem outras questões latentes e determinantes no filme. Como o fato dele se submeter a situações humilhantes e constrangedoras que pra mim foram muito mais delicadas de tocar.

Então, o filme quer alertar a sociedade sobre o perigo da homofobia ou o descaso da sociedade com a periferia?

O filme, não tem o compromisso de alertar, mas sim mostrar a realidade de muitos jovens brasileiros que vivem nessa mesma situação. Eu diria que é uma uma reflexão de para onde estamos caminhando, uma vez que o jovem é o futuro do país.

O filme inteiro foi rodado com apenas 20 mil reais, com a ajuda do Instituo Quero, que profissionaliza (sem fins lucrativos) jovens de baixa renda, certo? Onde aconteceram a maioria das cenas?

Corrigindo a pergunta, o filme foi rodado com 20 mil dólares que convertendo da o total de 60 mil reais. A cenas ocorreram nas cidades da Baixada Santista se concentrando mais na cidade de Santos.

Para quem não lhe conhece, de onde você é e quais papéis você já havia feito antes de “Sócrates”?

Eu gosto de brincar que eu sou um andarilho, um pouquinho daqui, um pouquinho de lá. Eu sou um caiçara amante do teatro que vive em São Paulo.
O cinema é algo novo pra mim, antes disso fiz uma trajetória no teatro, estive em alguns trabalhos como Fedra, Bailei na curva, Cala boca Já morreu, Égbé, O inspetor Geral,e alguns outros que me orgulho muito.

Sócrates  foi indicado a 3 categorias de prêmio no “Spirit Awards 2019”, incluindo Melhor Ator por seu papel. Como é a experiência de fazer parte de uma cerimônia tão grandiosa e respeitada. Quais são os prenrequisitos? A premiação é quem os seleciona ou existe uma pré indicação através da produtora de cinema?

É muito gratificante ver o reconhecimento de um trabalho feito com muito amor e muita garra, estar nesta premiação representando o Brasil e o futuro do cinema nacional, que são os jovens que fizeram esse filme acontecer,  é experiência uma única. Também pude conhecer pessoas que fazem um bom cinema em várias partes do mundo. A troca foi muito enriquecedora.
Nossa indicação se deu pela participação nos L.A film festival, e com a indicação de pessoas da indústria que amaram o nosso filme.

Em sua opinião, o que Sócrates (o filme e o protagonista) tem de tão especial para antes mesmo de nascer para o grande público, já ter conquistado tanto?

A Genuinidade e o respeito em dar voz e contas a história de jovens que mesmo vivendo no Brasil do século XXI transitam nessas condições humanas.

Eu ouvi que você está também no elenco de uma nova série da Netflix. O que você pode nos contar?

Sim, estou protagonizando a Série Sintonia produzida pelas Los bragas e assinada por Kondzilla pra Netflix Brasil. Dou vida ao personagem Nando que escolhe o caminho arriscado do crime organizado, mesmo indo contra seu senso de ética.

Já existe data de estreia dessa produção?
Sim, a previsão é para o segundo semestre do ano.