Agustin Fernandez e Valesca Popozuda
Agustin Fernandez e Valesca Popozuda (Foto: Reprodução)

Diante da polêmica em torno do seu nome nos últimos dias, Valesca Popozuda decidiu se pronunciar novamente sobre o caso. A cantora recebeu muitas críticas nas redes sociais após publicar vídeos ao lado de Augustín Fernandez. O maquiador que apesar de gay se tornou alvo da militância LGBT ao apoiar Jair Bolsonaro nas últimas eleições. A polêmica custou até o cancelamento de um dos shows da famosa.

A funkeira pediu desculpas à comunidade LGBT por ter defendido o jovem a quem tinha como amigo. Nas imagens, ela reconheceu o erro afirmando que não tinha conhecimento das posições LGBTfóbicas do rapaz.

“Eu errei de fato! Mais estão gastando forças comigo como se eu fosse inimiga da causa! Ou estive lutando contra? É o momento de se unir e não separar. São 17 anos lutando por vocês, por nós.”, se defendeu Valesca.


LEIA MAIS:

Damares Alves convida Augustín Fernandez para colaborar no Ministério

Alessandra Maestrini lembra infância no Encontro: “Teria me assumido muito mais cedo”

Sobre as acusações que seria, assim como Augustín, apoiadora de Bolsonaro, a artista rebateu. “Não votei em Bolsonaro nenhum! Nunca votaria em um cara que possui discursos que vão a favor de tudo que eu luto contra: homofobia, racismo e misoginia”, garantiu.

Valesca encerrou dizendo que não irá abandonar a causa mesmo que o movimento se afaste dela. “Eu sei que posso perder o apoio desse público, mas eu vou continuar aqui lutando por vocês, por nós. Defendendo até o fim”.