Tinder e Grindr
Tinder e Grindr (Foto: Reprodução)

O Secretário de Estado do Reino Unido, Jeremy Wright, pretende questionar os executivos dos aplicativos de relacionamento Tinder e Grindr. O teor do questionamento é o sistema de verificação de segurança e de idade.

De acordo com o Olhar Digital, a questão surgiu após uma reportagem do Sunday Times em que foram reveladas dezenas de crimes de abuso sexual e exploração de menores. Os casos aconteceram após os menores de idade conseguirem cadastrar-se nos aplicativos sem qualquer dificuldade.

Leia mais:


VH1 divulga data de estreia da nova temporada de RuPaul’s Drag Race

Pela 1ª vez, personagem de série da Disney revela ser gay

O interesse do Secretário é saber quais medidas são adotadas pelos aplicativos para que os jovens sejam mantidos seguros ao usá-los. Ele promete, ainda, “outras ações” caso o pronunciamento responsivo não seja considerado adequado.

Diretores das companhias informaram que utilizam ferramentas automatizadas e humanas para manter menores de idade sem acesso às plataformas. Um porta-voz do Grindr diz que o aplicativo está sempre “trabalhando para aprimorar” seu processo de verificação de idade.

Caso seja constatada negligência por parte do Tinder e Grindr, é possível que o Reino Unido aplique a lei de verificação de idade para sites adultos. A lei já é vigente no Estado soberano europeu.