Travesti Letícia Pereira do Nascimento é a primeira professora empossa a UFPI
Travesti Letícia Pereira do Nascimento é a primeira professora empossada na UFPI [Foto: Acervo Pessoal]

Foi empossada na última segunda-feira (25), a primeira professora travesti a fazer parte do quadro da Universidade Federal do Piauí. Letícia Caroline Pereira do Nascimento vai atuar no campus da cidade de Floriano, e sua primeira aula acontece nesta quinta-feira (28).

Ao G1, a mestre em pedagogia afirmou que considera a sua posse uma conquista que ultrapassa a comunidade LGTQ+. “É algo muito significativo não apenas pra mim, mas para todas as travestis, todas as mulheres negras, de candomblé, por que são grupos que são alijados dos processos sociais”, afirmou ela.

LEIA MAIS:


Eleitores de Bolsonaro promovem boicote à Eliana após post a favor da criminalização da LGBTfobia

Jean Wyllys é alvo de ovada durante palestra em Faculdade de Portugal

Letícia ainda lembrou como o preconceito contra travestis começa dentro de casa e é um dos motivos pela evasão escolar. “Temos travestis que são expulsas de casa aos 14, 15 anos. Como vão chegar a universidade, como alunas ou professoras?”, questionou.

Ela acredita que o seu exemplo possa inspirar outras pessoas transgêneros a acreditar que podem ingressar o ensino superior. “Claro que para superar essas dificuldades não basta somente esforço. Não concordo com esse discurso da meritocracia. É importante que a gente saiba que as oportunidades não são as mesmas”, disse.