O ator Jussie Smollett
O ator Jussie Smollett (Foto: Divulgação)

Jussie Smollett teve uma ordem de prisão decretada nesta quarta-feira (20) por falsa denúncia e desordem. A polícia acredita que o ator forjou um ataque homofóbico e racista no fim do mês passado em Chicago.

O comunicado foi compartilhado nas redes sociais de Anthony Guglielmi, porta-voz da Polícia de Chicago. A decisão veio da Procuradoria do condado de Cook, no Estado Ilinois.

“A acusação criminal contra Jussie Smolett por desordem e falsa denúncia foi aprovada pelo Juri. Detetives entrarão em contato com sua equipe de advogados para negociar uma entrega pacífica para sua prisão.”, afirmou ele na publicação.


Segundo a CNN, o intérprete de Jamal, na série Empire, deve participar de uma audiência referente a sua fiança nesta quinta-feira (21), às 13h30, horário local.

LEIA MAIS:

Monique Kessous lança single em protesto contra “cura gay”

Após viralizar ao cantar Gloria Groove no metrô, Thabata Aquino assina contrato com a Sony Music

Entendo o caso

Jussie afirmou ter sido agredido por dois homens, na madrugada de 29 de janeiro. Segundo ele, os agressores seriam brancos e e teriam perguntado se ele era “o gay de Empire”. Por conta do ataque o famoso teria quebrado uma de suas costelas.

De acordo com o TMZ, a polícia teria chegado aos irmãos Abel e Ola Osunada. Eles contaram que conheciam Jussie da academia, e que os pagou para o agredirem, indicado, inclusive, onde poderiam inclusive comprar a corda que foi enrolada no pescoço do ator.

Depois do depoimento, os irmãos Osunada, liberaram um comunicado no qual afirmam não serem homofóbicos ou racistas,  e que também não eram apoiadores de Trump.