A cantora Ariana Grande
A cantora Ariana Grande (Foto: Divulgação)

The Queerty, premiação que elege, por meio de votação, os artistas LGBTQs mais aclamados dentre 22 categorias, recebeu algumas críticas nesta sexta-feira (1). A proposta envolve toda a comunidade, o problema foi uma música de Ariana Grande ser indicada como Queer Anthem – Hino LGBTQ, em tradução livre.De acordo com a BCharts, ela é a única pessoa heterossexual na competição. Além disso, a música indicada, thank u, next, também possui temática que foge do contexto LGBTQ. Alguns internautas não viram sentido na decisão da premiação, já outros não veem problema na situação.

Leia mais:

Tá No Ar exibe clipe sobre poliamor e repercute nas redes sociais

Ex-BBB Mahmoud é criticado por comentário sobre o reality show; Entenda


Mulher heterossexual cantando sobre seus relacionamentos heterossexuais e sendo indicada a prêmios lgbtqs??? Qual é o ponto?“, questionou uma usuária do Twitter. “Se os gays gostaram e escutam não tem nada demais filhão, ainda mais que o nome da indicação é “Hino LGBT” se foi indicado é porque causou impacto no meio“, defendeu outro. “A questão que a premiação deveria premiar artistas LGBTs, a Ariana é hetero“, opinou um terceiro.

Alguns ainda chamam atenção ao fato de que, correto ou não, o mérito da indicação não deve ser creditado à Ariana Grande. “Mas a culpa não é da Ariana ser indicada, e sim da premiação. Vale observar”, escreveu um. “Eu teria vergonha de ir receber esse prêmio. Espero que ela como conhecida por dar apoio a comunidade LGBT se recuse e se pronuncie“, especulou uma segunda.

A votação do The Queerty acontece até dia 22 de fevereiro e pode ser feita por meio deste site.