o casamento do meu melhor amigo
Rupert Everett, Cameron Diaz, Julia Roberts e Dermot Mulroney se encontraram, mais de duas décadas depois do lançamento do filme (Foto: Reprodução/EW)

Lançado em 1997, O Casamento do Meu Melhor Amigo foi uma das primeiras produções de Hollywood a retratar personagens gays de maneira positiva. Como resultado disso, George (Rupert Everett), o melhor amigo da protagonista Julianne (Julia Roberts), se tornou um dos destaques da comédia romântica.

De acordo com o diretor P.J. Hogan, o sucesso do personagem fez com que a equipe do filme considerasse seriamente produzir uma sequência em que a temática LGBTQ+ fosse central. Em entrevista à Entertainment Weekly, Hogan contou o que já pensou sobre.

Leia mais:

Sam Smith dá indícios de que música foi feita após término de namoro com ator


Léo Dias tem nova recaída e anuncia afastamento do Fofocalizando

Eu me lembro de falar com Julia sobre isso. A ideia para a trama era que o personagem de Rupert ia se casar. Por ciúmes a personagem dela tentaria desmanchar a relação“, disse ele. “Eu pensei: ‘Isso pode ser muito divertido’. Mas eu acho que seria um pouco difícil trazer todos os outros personagens de volta“, completou o diretor.

Além disso, o elenco original de O Casamento do Meu Melhor Amigo não descarta a possibilidade de filmar uma continuação. “Por muitos anos as pessoas tem falado comigo sobre isso, e eu sempre disse que minha resposta seria ‘sim’“, afirmou Dermot Mulroney. As informações são do UOL.