David Miranda
David Miranda durante sua posse como deputado federal (Foto: Reprodução/Twitter)

O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) anunciou o seu pedido de proteção especial à Câmara, após receber ameaças de morte. O parlamentar assumiu o cargo como suplente de Jean Wyllys, que renunciou ao posto pelo mesmo motivo.

Mensagens discriminatórias e ameaçadoras começaram a ser enviadas ao político. recados como: “Viado é mais fácil de matar”, “Será a próxima Marielle” chegaram atração ele. Em seu perfil no Instagram, Miranda comentou o caso.

LEIA MAIS:


Com quatro votos a favor, julgamento da criminalização da LGBTfobia tem desfecho adiado

Homem que espancou jovem gay confessa crime e confirma homofobia

“(R)EXISTIMOS. Recebi recados na internet de que vou ser a próxima Marielle. O requerimento que a gente protocolou é de uma ameaça de que ‘viado é mais fácil de matar’ Precisa de uma seriedade sobre isso.”, declarou.

A Investigação da polícia indica que as ameaças contra Miranda tem ligação com as milícias do Rio de Janeiro. O envolvimento com políticos fluminenses também é analisado pelas autoridades.