David Miranda
David Miranda durante sua posse como deputado federal (Foto: Reprodução/Twitter)

Nesta sexta-feira (1), os membros do Congresso Federal tomaram posse em Brasília. Pela terceira eleição consecutiva, Jean Wyllys seria o único representante LGBT da bancada. No entanto, o ex-parlamentar resolveu desistir de seu mandato por conta de ameaças de morte que vem recebendo constantemente. Mas a comunidade não deixará de ter representação, pois o cargo ficou por conta de David Miranda, do PSOL.

Ao comemorar a posse, o deputado reafirmou suas origens e as intenções de seu mandato. “Negro, gay, de comunidade, casado há 13 anos, adotado por dois filhos maravilhosos, e em Brasília, como deputado federal! Estaremos mais unidos do que nunca. Pelo Brasil, e por nossas vidas“, escreveu David Miranda, por meio do Twitter.


Leia também:

Amizade de Anitta e Nego do Borel está abalada após polêmica com Luisa Marilac

Fã de Bolsonaro, maquiador gay perde contrato após polêmica com Bruna Marquezine

Na quinta-feira (31), o jornalista Gleen Greenwald, esposo do deputado, chegou ao Brasil para a posse. Junto a ele, vieram também os dois filhos do casal. “Acabei de chegar em Brasília para assistir meu marido e pai deles, David Miranda, ser jurado amanhã como membro do novo Congresso do Brasil. Super orgulhoso e animado!”, disse Greenwald, pelo Twitter. Hoje, todos foram prestigiar David Miranda na posse.