Daniela Mercury
Daniela Mercury acusou o deputado federal e pastor Isidorio de homofobia (Imagem: Reprodução)

Depois de não comparecer à audiência marcada com Daniela Mercury, o pastor e deputado federal Sargento Isidorio tem mais uma chance de se livrar do processo criminal. A cantora moveu uma queixa-crime contra Isidorio por conta de ofensas lesbofóbicas proferidas por ele. Agora, ela ofereceu um acordo para acabar com o caso.

De acordo com o site Gay1, o pastor terá que gravar um vídeo pedindo desculpas à Daniela Mercury. Além disso, destinar 20% de seus cinco primeiros salários como deputado federal ao Centro Projeto Axé de Defesa e Proteção à Criança e ao Adolescente. E também ao Instituto Nice de Apoio às Mulheres Travestis e Mulheres Transexuais, ambos indicados pela artista.

Leia mais:


Sesc abre inscrições para curso gratuito sobre a carreira da Beyoncé, em São Paulo

“Palhaço” une Jeza da Pedra, DJ MAM, Donatinho e TechnoBrass em lyric video

Contudo, caso recuse a proposta, o deputado federal mais votado da Bahia nas eleições de 2018 poderá virar réu. O advogado da cantora, Ricardo Sidi, explicou que a transação penal é um acordo que os autores de alguns crimes podem fazer com o Ministério Público. Esse tipo de acordo pode ser feito apenas uma vez a cada cinco anos. É uma opção para o acusado não precisar passar por um processo criminal.

O pastor será intimado, ainda, por um oficial de justiça para informar se aceita as condições ou se prefere que a ação penal prossiga rumo à sentença.